Tabuleiro de Xadrez

Um blog onde os acontecimentos do dia-a-dia são postos em xeque.

domingo, Janeiro 15, 2006

Porque é que gosto de chiclets de salsicha

Aqui está um texto que eu fui obrigado a fazer pelo meu professor do instituto de inglês do ano passado por ser muito conservador na aula. O texto precisava de ter no minimo 500 palavras mas eu nesse dia estava inspirado e lixei-o bem, fiz com 620 palavras!!

------------------------------------------------------------------------------------

Bem, é um pouco complicado explicar o porquê deste meu estranho gosto. Alguns dizem que é doença, outros dizem que sou simplesmente fora do comum. O que é certo é que não consigo passar um dia sem mastigar uma. Sim é verdade, sou completamente viciado em chiclets de salsicha. Aquele sabor é irresistível! Por acaso é verdade que eu não sou uma pessoa normal. Nunca concordo com o que me dizem nem tenho os mesmos gostos que os outros. Os meus colegas dizem que tenho a mania e que faço isso para me armar e ser diferente. Exceptuando a parte do “ser diferente” não concordo com eles. Aqui está mais uma situação em que estou em desacordo! No entanto desta vez foi só em 66,6% visto concordar com uma das três partes. Tenho que ter atenção para não perder esta fama do “gajo do contra”.

Mas então, aqui vai o porquê deste meu bizarro gosto. Tudo começou há dois anos (se calhar até três) numa festa de um colega da prima do meu vizinho. A festa tinha sido organizada em sua casa. Uma vivenda com uma piscina cuja água era da chuva (não admira que ninguém tomasse lá banho), um court de ténis sem rede e um jardim sem flores. Por outro lado, tinha ervas daninhas. Também acho que ele tinha um casal de coelhos e um cão. No entanto acho que já morreram. O casal de coelhos é que morreu, o cão continua vivo. Pelo menos acho que sim Até cheguei a receber um convite dele para ir ao funeral dos animais mas rejeitei. Não me recordo muito bem porquê. Deve ter sido porque não tinha nada que fazer naquele dia. Eu só aceito convites quando são para uma data em que tenho algo que fazer, ou um compromisso. De preferência importante. Ou então uma daquelas ocasiões imensamente aborrecidas em que só se está lá por estar e para não desapontar o anfitrião. Por acaso, tenho a impressão de que esta festa também foi para eu me livrar de um outro compromisso. Provavelmente um baptizado do filho do meu colega de trabalho.

Voltando à festa, eu estava a mastigar uma chiclet de morango da Trident que já há muito que tinha ficado sem sabor. Acontece que na altura em que eu me preparava para me deslocar ao caixote do lixo para deitar fora a chiclet, a mãe do meu colega tinha acabado de fazer umas salsichas logo da maneira que eu mais aprecio. Então ele chamou-me para as ir comer. Para não o fazer esperar decidi não deitar fora a chiclet. No entanto surgiu uma daquelas situações em que temos que reflectir muito bem para não cometermos um erro. Deixar a chiclet na boca ou engoli-la? Eis a questão. Após ter ficado quinze minutos a pensar, decidi deixá-la na boca.

Quando fui provar as salsichas, já elas estava frias. No entanto ainda estavam deliciosas. Ao comer uma, o sabor da salsicha misturou-se com a chiclet insípida o que resultou num sabor fenomenal. Sem palavras. Após ter comido a salsicha (não engoli a chiclet atenção), esvaziei o prato. Admito que me senti envergonhado mas aquele sabor era divinal. E prontos, foi assim que fiquei com este estranho gosto.

Encontrá-las à venda não é uma tarefa fácil. Para as comprar preciso de me deslocar a Vigo. Por isso, quando lá vou, trago logo em grandes quantidades. São de uma empresa Chinesa cujo dono é Chileno. É um indivíduo porreiro, já combinei com ele ir ver a estreia do Star Wars: The Revenge of The Sith cá em Portugal. Ele ainda tentou que fosse eu a pagar-lhe o bilhete mas recusei como é óbvio.

quarta-feira, Janeiro 11, 2006

Pedido de Pizza em 2020

Pedindo uma Pizza em 2020 após o implementação do novo CU (Cartão único)

-Telefonista: Pizza Hot, boa noite!
-Cliente: Boa noite, quero encomendar pizzas...
-Telefonista: Pode-me dar o seu NIN?
-Cliente: Sim, o meu número de identificação nacional é 6102-1993-8456-54632107.
-Telefonista: Obrigada, Sr. Lacerda. Seu endereço é Av. Paes de Barros 1988, ap. 52 B, e o número de seu telefone é 5494-2366, certo? O telefone do seu escritório da Lincoln Seguros é o 5745-2302 e o seu telemóvel é 962662566.
-Cliente: Como é que você conseguiu essas informações todas?
-Telefonista: Nós estamos ligados em rede ao Grande Sistema Central.
-Cliente: Ah, sim, é verdade! Eu queria encomendar duas pizzas uma quatro queijos e outra calabresa...
-Telefonista: Talvez não seja uma boa ideia...
-Cliente: O quê?
-Telefonista: Consta na sua ficha médica que o Sr. sofre de hipertensão e tem a taxa de colesterol muito alta. Além disso, o seu seguro de vida proíbe categoricamente escolhas perigosas para a sua saúde.
-Cliente: É verdade, tem razão. O que você sugere?
-Telefonista: Por que é que o Sr. não experimenta a nossa pizza Superlight, com tofu e rabanetes? O Sr. vai adorar!
-Cliente: Como é que você sabe que vou adorar?
-Telefonista: O Sr. consultou o site Recettes Gourmandes au Soja da Biblioteca Municipal, dia 15 de janeiro, às 14:27h, onde permaneceu ligado à rede durante 39 minutos. Daí a minha sugestão...
-Cliente: OK, está bem! Mande-me duas pizzas tamanho familiar!
-Telefonista: É a escolha certa para o Sr., sua esposa e seus 4 filhos, pode ter certeza.
-Cliente: Quanto é?
-Telefonista: São 49,99€.
-Cliente: Você quer o número do meu cartão de crédito?
-Telefonista: Lamento, mas o Sr. vai ter que pagar em dinheiro. O limite do seu cartão de crédito foi ultrapassado.
-Cliente: Tudo bem, eu posso ir ao Multibanco levantar dinheiro antes que chegue a pizza.
-Telefonista: Duvido que consiga, o Sr. está com o saldo negativo no banco.
-Cliente: Meta-se na sua vida! Mande-me as pizzas que eu arranjo o dinheiro. Quando é que entregam?
-Telefonista: Estamos um pouco atrasados, serão entregues em 45 minutos. Se o Sr. estiver com muita pressa pode vir buscá-las, se bem que transportar duas pizzas na moto não é aconselhável, além de ser perigoso...
-Cliente: Mas que história é essa? Como é que você sabe que eu vou de moto?
-Telefonista: Peço desculpas, mas reparei aqui que o Sr. não pagou as últimas prestações do carro e ele foi penhorado. Mas a sua moto está paga, e então pensei que fosse utilizá-la.
-Cliente: Seu #@%§@&!!
-Telefonista: Gostaria de pedir ao Sr. para não me insultar... Não se esqueça de que o Sr. já foi condenado em Julho de 2006 por desacato em público a um Agente Regional.
-Cliente: (Silêncio).
-Telefonista: Mais alguma coisa?
-Cliente: Não, é só isso... não, espere... não se esqueça dos 2 litros de Coca-Cola que constam na promoção.
-Telefonista: Senhor, o regulamento da nossa promoção,conforme citado no artigo 095423/12, proíbe a venda de bebidas com açúcar a pessoas diabéticas...
-Cliente: Aaaaaaaahhhhhhhh! Vou-me atirar pela janela!
-Telefonista: E torcer um pé? O Sr. mora no rés-do-chão!

domingo, Janeiro 08, 2006

Já tenho a minha guitarra eléctrica

Wooo hooo!

Ontem finalmente tive a minha guitarra eléctrica. Comprei o Squier Pack da Fender Squier. A guitarra é uma Squier Affinity Stratocaster e o a
mplificador um Squier SP.10 de 10 watts (o pack com o amplificador de 15, Frontman Pack, era bem mais caro e não se justificava).



Ainda sou um novato no que toca a guitarras eléctricas. Ando actualmente a ver se toco a Rockstar dos Nickelback (que já tocava na acústica) e a Polly dos Nirvana.

quarta-feira, Janeiro 04, 2006

Mario Kart DS in da house a bombar

O melhor jogo do ano para a DS já cá canta! Agora só falta mesmo o adaptador usb para me viciar no online. E agora, vou jogar!



terça-feira, Janeiro 03, 2006

Injustiça na atribuição das notas pt2

Apesar de já que me ter queixado uma vez, a verdade é que onde há uma queixa, há duas, como tal, e tendo em conta que tenho razões mais que suficientes, vou voltar a fazê-lo.

Dia 2 (ontem), vou eu ali de manhã antes de tocar, ver as notas, e constacto que tive um 18 tanto a Bases de Programação e a Tecnologias Informáticas. Ora bem, eu estava à espera de um 20. Em Bases de Programação, uma vez que tenho um curso de programação (ah pois é, tratem-me por Sr. Programador) e fiz o teste com a facilidade de ir ali e vir, quando o stor me perguntou com que nota é que eu me auto-avaliava, respondi 20 (e tendo em consideração que numa aula, na correcção de um exercício do teste eu o corrigi (fonix, e o gajo praí 10 minutos a teimar que tinha razão!), é mais que merecido).
Em Tecnologias Informáticas, tive 19,4 no primeiro teste (dando uso também ao meu cursozito) e estava à espera de um 20 no segundo, apesar de não saber nada, copiei tudo do livro (num dia destes faço um post a explicar esses 90 minutos memoráveis).

Acontece que ontem, recebi o teste de Bases de Programação e tive 19,9 (AAAArrrGGGGhhhhh!) mas mesmo assim, e tendo em conta os meus conhecimentos elevadíssimos, merecia 20. Então ele diz: "ah e tal, és muito falador". Mas que é isto? Ai agora sou o único? E como é que um professor que se mete nas aulas a falar com um aluno em particular ignorando totalmente o resto da turma tem moral para me dizer isso? Ah e mais, eu que tenho 19,9 no teste e percebo daquilo a potes tenho 18, mas um gajo que tira 1 no teste (UM porra!) já tem um "incentivo" de 7 pontos tirando 8 no final no período.
Enfim, viva à currupção!
Hoje, recebi o teste de Tecnologias Informáticas, por outras palavras, o meu 20. E no final do período tirei 18. E o professor: "no primeiro período não se dá 20's" Ai é? Então se um dia destes, quando sair de casa, estiverem lá quatro manguelas com pelos no peito e hálito a queijo com tacos de baseball há sua espera, não se queixe...

sábado, Dezembro 31, 2005

De volta!

I'm back... and better than ever...


Bem pessoal, estou de volta e o blog também. Podem contar com o regresso das actualizações diárias ao blog. Espero que todos tenham tido um Feliz Natal e umas boas férias.
Desejo a todos os leitores umas excelentes entradas em 2006 e que este novo ano vos traga tudo de bom que 2005 não trouxe.




sexta-feira, Dezembro 23, 2005

De férias

Bem caros leitores, hoje vou para fora e só volto no primeiro dia de 2006. Vou lá pá serra apanhar frio (jesus nem quero imaginar como vou tomar banho de manhã!!).

A todos os leitores, um óptimo Natal e um próspero Ano Novo e muito obrigado pelas visitas. E já sabem, nos desejos, peçam uma também para mim! ;)

quarta-feira, Dezembro 21, 2005

Carta ao Pai Natal

Aqui fica a carta que enviei hoje ao Papá Noël:
_____________________________________________________________

Caro Pai Natal,

Antes de mais, quero que fique a saber que fiquei extremamente incomodado e desapontado por não ter recebido a totalidade dos presentes que solicitei no ano anterior. Ora bem, anda aqui um gajo, a matar-se mês após mês, a poupar uma carrada de guito pa gastar no papel e na tinta da carta (e nos selos) pa receber meia dúzia de niquices? Assim não! Tudo bem que ninguém lhe paga para andar aí à maluca a distribuir presentes, mas isso não lhe dá automáticamente o direito de ser incompetente.
Mas continuando, no ano transacto pedi uma imensidão de coisas e só recebi o que tinha assinalado como "prendas facultativas". Ou seja, algumas peúgas e meia dúzia de boxers. Não fique ofendido mas a falta de concorrência faz-lhe mal.
Mas para compensar, este ano só vou pedir uma coisa, paz e amor entre todos os seres humanos. E opcionalmente, uma guitarra electrica, um portátil, um envelope com um cheque no valor de uma quantia monetária bem elevada e um outro envelope com o dinheiro correspondente ao preço do selo desta carta.
Obrigado por tudo, e não se enfrasque com muito vinho para não se enganar (outra vez) nos meus presentes.

Abraço,
Hugo

Tratamento das gajas tal e qual como objectos

O título do post pode parecer bizarro mas não o é, acreditem que não. Cada vez mais o nosso congénere do sexo oposto é tratado como um simples objecto cujo grau de dificuldade em tê-lo na nossa posse é extremamente elevado. Ora vejamos:


Situação 1 - objecto que se encontra na rua:

Fonseca: Tão pá, como vai isso? Já tens gaja?
Marinho: Pá não, tá complicado, eu ainda sou do tempo que se estalavam os dedos e elas caiam aos potes. Agora até parece que é preciso andar de lupa.
Fonseca: Ya, isso é verdade, são um objecto raro mas é por isso que ficas satisfeito quando arranjas uma. Olha eu ontem encontrei uma na rua, cinco estrelas. Tava um pouco sujinha mas levei-a pa casa e foi uma maravilha.
Marinho: Xi pá! Tens uma sorte... eu na rua só encontro moedas de 50 cêntimos.


Situação 2 - objecto com um preço descaradamente elevado:

Fonseca: Tão meu, tudo em cima? Fui ontem à tal discoteca que o Zé nos disse, maravilha, só gajas lá.
Marinho: E são muito caras? É que agora ando com falta de cacau.
Fonseca: Nah, fica descansado, com uma bebida de 5€ são todas tuas. É uma pechincha!
Marinho: O quê?! Porra, na outra discoteca, que fica ali em baixo daquela rua e depois quando chegas ao fim viras em frente, só as tens com uma bebida de 8€!! Há umas que com duas de 3€ até vão, mas a maior parte é tudo 8€. Tens uma sorte tu.
Fonseca: São muitos anos pá. Andavas tu a brincar com legos já eu andava a engatar gajas.
Marinho: Oh, vai-te lixar, sou cinco meses e três dias mais velho do que tu.
Fonseca: Ya mas eu no infantário era um galã.
Marinho: Deixa-te de tretas. E olha lá, o sexo é gratuito ou tens que pagar mais?
Fonseca: Pá, tens que andar sempre munido com preservativos, naquela discoteca são todas umas desleixadas. E ainda tens os custos adicionais.
Marinho: Custos adicionais?!
Fonseca: Ah pois. Quarto de hotel, jantar num restaurante chique, nada de McDonald's nem pizzas. E depois ainda uma garrafinha de champanhe pó quarto. Ah pois é amigo, tens que abrir os cordões à bolsa.
Marinho: Bah, fica mais barato ir às putas então.
Fonseca: Ya também tenho notado nisso. Este mês tou a gastar mais do que no anterior.


Situação 3 - objecto que se obtém após um grande sacrifício seja monetário ou não.

Marinho: Héla! Mandas aí um pópó!
Fonseca: Tem que ser. Agora, ou tens carro, ou tens falta de gajas.
Marinho: E um bom carro tou a ver. Assim sai-te muito caro, bem mais do que na discotéca.
Fonseca: Ya é verdade mas em contra-partida são de longa duração. Além disso nem precisas de pagar bebidas, nem quarto de hotel, isto é, se tiveres um carro espaçoso claro. Só mesmo o jantar. E uma vez que elas ficam impressionadas com o teu carro já nem ligam a onde vais jantar.
Marinho: Hum porreiro. Mas de longa duração como?
Fonseca: Pá, em vez de ser só uma noite, é logo uma semana inteira. Ou seja sete noites.
Marinho: Só sete?
Fonseca: Ya, a partir do 5 dia elas começam à procura de um gajo com melhor carro. E geralmente, só demoram dois dias a encontrá-lo.
Marinho: Bah, isso é foleiro. Prefiro continuar no ginásio. Além de ser bom pá saúde, tens também gajas. Além disso, ainda tens ao lado umas quantas gajas a dançar, maravilha.
Fonseca: Quantos dias?
Marinho: Pá, depende. Se for uma fora do ginásio praí 4, se for no ginásio, até ficares lesionado por te armares em Tarzan Taborda.
Fonseca: Demoras muito a recuperar?
Marinho: Pá, uma vez foram preciso duas semanas.
Fonseca: Xi, é arriscado. Além disso não gosto de pagar coisas às pestações.

terça-feira, Dezembro 20, 2005

Little Gamers


No outro dia, o Tiago Barrigana do blog Anúncio Oficial falou-me deste web-comic estilo Calvin & Hobbers (que eu adoro) que eu ia gostar e tal e tal. Eu naquela do vai passear não liguei muito. Ontem estive a explorar melhor e é do melhor que há.

Como já disse, é um web comic, desenvolvido por dois suecos. Trata da vida de Mr. Madsen e Christian dois gajos na casa dos 20 anos uns perfeitos nerds e faz-nada viciados em porn, jogos e net.

Porém, para o compreender na sua totalidade convém:
  • Ter alguns conhecimentos na área de informática e jogos
  • Ter conhecimento de terminologia nerd. Como por exemplo (haxxor, pr0n, ownz, etc)
  • Ter conhecimento de inglês. Além do inglês padrão eles usam termos como stfu (shut the fuck up), wtf (what the fuck), gf (girlfriend) etc.
  • Ter uma boa dose de sentido de humor
O primeiro livro está disponível gratuitamente e estão prestes a lançar o segundo. É verdade que sob a forma de eBook é gratuito e tal mas preferia bem mais um livro físico. Eles já aceitam pré-ecomendas mas dá mais gozo ir comprá-lo à Fnac para ganhar uns pontos para o cartão.

Boa leitura pessoal!

segunda-feira, Dezembro 19, 2005

Puto esperto

Clica na imagem pa ampliar

sábado, Dezembro 17, 2005

Os pinguins também jogam e Linux x Windows

Ando cada vez mais entusiasmado com o meu Ubuntu Linux cá em casa. Dia após dia vou fazendo as minhas actividades de rotina no Ubuntu Linux e migrando pouco a pouco para o Ubuntu Linux. Para desfazer um dos mitos que circulam por aí de que "não há jogos para GNU/Linux" convido-vos todos a ler este artigo feito pelo Antônio Cláudio da Costa Ayres do site TuxResources cujo blog é: http://www.tuxresources.org/blog

Do mesmo autor há o artigo Linux x Windows que pretender facilitar a vida aos utilizadores de Window$ que queiram migrar para o GNU/Linux. Aqui ficam os artigos:

DS a dominar no Japão

Os dias 5 a 11 de Dezembro foram grandes para a portátil de dois ecrãs da Nintendo. Em 6 dias a DS vendeu cerca de 300 mil consolas no Japão. Muito graças a títulos como Mario Kart DS e Animal Crossing Wild World que usufruem da componente online da consola. Aqui ficam as vendas:

1 | Nintendo DS - 299.328
2 | Sony PSP - 86.403
3 | Sony Playstation 2 - 45.893
4 | M$ Xbox 360 - 43.970
5 | Nintendo Gamecube - 12.212
6 | Nintendo Game Boy Advance SP - 10.456
7 | Nintendo Game Boy Micro - 8.326
8 | Nintendo Game Boy Advance - 396
9 | M$ Xbox - 164

Infelizmente ainda não jogo online na DS. Os jogos e o adaptador USB são caros. Contudo, espero adquiri-los num futuro realtivamente próximo.

sexta-feira, Dezembro 16, 2005

Injustiça na atribuição das notas

Antes de mais nada, se algum professor ler isto, desculpe lá mas eu tenho razão.

Vou expressar aqui a minha indignação com algumas notas que me vão ser atribuídas por uns fulanos dos quais não tenho garantias nenhumas de que são professores devidamente licenciados para dar aulas a um aluno do meu gabarito.

Em primeiro lugar, T.I.C. Eu sou o único gajo na turma que percebe daquilo e que participa devidamente nas aulas (desculpem turma, mas é verdade), tiro 20 no teste teórico de Excel, 19,5 no prático (epa qual o mal de fazer os gráficos com outra cor?) e 20 num trabalho de meio grupo (ya o je é que fez praticamente tudo) e não vou ter 20!! Porquê? Porque a stora, não dá 20s nos primeiros períodos. Eu pergunto a razão dessa medida tão radical e invulgar, e ela dá-me como resposta "que já teve más experiências". Epá e eu vou ali, e venho já. Não tem cabimento nenhum e não me foi apresentado nenhum argumento válido e convincente para justificar tal opção.
Depois a stora disse-me que caso eu continue assim no segundo período já tenho 20. Mas meus amigos, não é a mesma coisa. Em primeiro, perde-se aquela mística do 20 logo no primeiro período. É como se eu tivesse chegado, visto e vencido e mai nada! Além disso, há "aldrabice" nas notas. Porque se eu tenho 18 e depois um 20 quer dizer que eu evolui, que passei de aluno pseudo-excelente a aluno excelente, o que não é verdade, eu fiquei na mesma, não mexi uma palha!
Por outro lado, há certas e determinadas pessoas que têm nos testes notas, que tiraram sabe-se lá como (ou então sabe-se) e que nas aulas não o mostram e tiram por exemplo um 17. Ou seja, só sou um bocadinho, um niquinho, melhor que eles o que tá mal, tá errado (já agora para completar: é estúpido!). E ainda mais escandaloso é um gajo tirar 0 nos dois testes e não fazer um #@&@?%0 nas aulas e tirar 6 no final no período. Ou seja, tudo notas viciadas.
Além disso, se não fossem os meus conhecimentos na área de software, nem filmes tinhamos visto nas últimas aulas, ah pois é!
Por isso stora, há-de cá vir!


Outra disciplina em que a minha pessoa também está a ser desrespeitada e roubada (mas não tanto como em TIC), é matemática. Então um gajo tira 17,6 e 19,8 nos testes (o que dá média de 18,7 que dá 19 (arredondadamente) e não 18 como a stora alegou) participa imenso nas aulas (saio de lá a suar e tudo e não, não é do aquecedor (ou então é)) só que lá está, falo um bocadito (multiplicado por mil) nas aulas, e faço quase sempre os trabalhos de casa, peço 19 e a stora espeta-me com um 18 justificando-o com o facto de eu falar à brava nas aulas. Mas como ela própria diz, eu sou um gajo que aprende muito depressa e por isso aborreço-me, viro-me pa trás e... toca a falar!
Há alturas em que as nossas maiores qualidades se tornam nos nossos maiores obstáculos (esta saiu mesmo bem hein), neste caso, a perspicácia. Pá mas vai ser complicado porque (e stora não leve a mal) as aulas de matemática são bem secantes porque metade na turma tá na galhofa o discurso da stora é sempre interrompido e há sempre aquele barulhinho que vem de trás. Além disso, gosto muito de conversar e meter a conversa em dia. Mas com um bocadinho de esforço, ainda vou tirar média de 20 a matemática (tanto nos testes como no comportamento!).


Depois quando vir o resto das notas, comento-as aqui se achar que alguma nota não corresponde à verdade. Porém, e a todos os stores: that's not personal, only business...

quarta-feira, Dezembro 14, 2005

Protecção da Micro$oft recolhe muitos dados do PC

Um teste realizado pela empresa de segurança CSIS revela que os programas contra spyware e o antivírus da Micro$oft transmitem um considerável volume de dados da máquina do utilizador para os servidores da empresa. A companhia considera que o "Window$ Live Safety Scanner" procura com interesse excessivo material guardado no computador para em seguida notificar à empresa de Bill Gate$.

Para a CSIS, não há necessidade de recolher e guardar tanta informação como fazem os novos programas da Micro$oft. Entre os dados recolhidos estão o conteúdo do ficheiros hosts do Window$ (que informa os sites visitados pelo utilizador), assim como a pasta iniciar e de serviços activos, além dos conteúdos do sistema em si.

O programa antivírus também regista informação sobre as extensões do Internet Explorer, assim como o conteúdo e definições de registo do Window$. Segundo a CSIS, tudo isto é repassado para a Micro$oft. Por último, a empresa de segurança afirma que testou tanto o "Life Safety Scanner" como o "OneCare Antivírus" com 86 vírus e todas eles foram detectadas pelos programas. A companhia encontrou ainda pequenos erros que, em versões futuras, deverão ser eliminados.

A Micro$oft explicou que os dados recolhidos pelos dois programas são anónimos e não permitem identificar o utilizador. De acordo com a companhia de Bill Gate$, essas informações destinam-se à melhoria dos produtos.




Como é que alguém pode confiar nos produtos da Micro$oft se esses produtos espiam os seus utilizadores?
Felizmente a mim não me vão espiar. Espero já estar a usar Ubuntu Linux como o meu sistema operativo principal quando a m$ lançar o Vi$ta. :)

terça-feira, Dezembro 13, 2005

Elimination Chamber no New Years Revolution 2006 pt2

Afinal, não acertei em todas. O Kane venceu o Triple H e qualificou-se para a Elimination Chamber no New Years Revolution 2006. Não concordo muito com esta decisão. Não é que o Kane não mereça, nada disso. Não me agrada muito é um lutador que já é campeão ir lutar por outro título. Acho que ele devia era defender o seu título. Além disso, torna-se quase óbvio que ele não vai ganhar o combate no New Years Revolution 2006.

Em relação ao Triple H, deve continuar a sua feud com o Nature Boy Ric Flair. Só que agora, é bem capaz que eles tenham um combate já no New Years Revolution que bem pode ser um Handicap Match, Ric Flair & Big Show vs Triple H.

segunda-feira, Dezembro 12, 2005

Elimination Chamber no New Years Revolution 2006

Este vai ser o meu primeiro post sobre Pro-Wrestling aqui no blog, uma arte que eu acompanho de forma assídua e entusiástica já há algum tempo. No Domingo, vi no site da WWE que iria voltar a haver uma Elimination Chamber no New Year's Revolution do próximo ano assim como houve no ano passado. O combate será constituido pelo John Cena (campeão) e por mais cinco lutadores que serão determinados em combates de qualificação que são:
Kurt Angle vs Ric Flair

Shelton Benjamin vs Carlito

Chris Masters vs Viscera

Shawn Michaels vs Big Show
Triple H vs Kane


Á primeira vista, parece ser complicado prever quem vai participar no combate. Contudo, a WWE já nos habituou à previsibilidade das suas storylines que é completamente notória uma vez que o Big Show e o Kane são campeões mundiais de equipas e o Ric Flair é campeão Intercontinental. Como tal, não faz muito sentido eles participarem num combate por outro título (apesar do John Cena ter ganho a sua oportunidade de lutar pelo título da WWE na Wrestlemania 21 quando ainda era campeão dos EUA). O mais incerto é o Carlito vs Shelton Benjamin. Por um lado, o Carlito tem estado mais activo nos últimos eventos principais dos eventos da WWE mas o Shelton Benjamin também tem vindo a merecer esta oportunidade. O Viscera está completamente fora de questão. Não cabe na cabeça de ninguém que ele venha a particpar na Elimination Chamber de forma que o Chris Masters está praticamente no combate o que intensifica a ídeia de que o Carlito vá também participar dado o bom relacionamento entre os dois ultimamente. Estou bastante curioso para ver como é que o Chris Masters vai aplicar o masterlock ao Viscera.

Então em princípio, teremos um John Cena vs Kurt Angle vs Shawn Michaels vs Carlito vs Chris Masters vs Triple H. Mas na minha opinião, isto não será assim tão linear e é aqui que as coisas se complicam. A feud entre o Ric Flair e o Triple H deveria continuar, de forma que não seria mal pensado inserir o Ric Flair, que perderia o título intercontinental contra o Trevor Murdoch (parece ser o mais provável candidato principal ao título), na Elimination Chamber como árbitro convidado e fazer com que ele custasse o título ao Triple H. O que resultaria num I Quit match (por exemplo) na Royal Rumble de 2006. Paralelamente, a Elimination Chamber seria ganha pelo Shawn Michaels o que resultaria num heel turn por parte do John Cena que levaria a um rematch na Royal Rumble de 2006 contra o Shawn Michaels pelo título da WWE. O Kurt Angle ganharia o combate de 30 homens da Royal Rumble e enfrentaria o Shawn Michaels e o Edge (que utilizaria o seu contracto ganho no Money-in-the-Bank ladder match na Wrestlemania 21) na Wrestlemania 22. Mas sinceramente, e já que estou a imaginar, o Edge esquecia-se do contracto (ou desafiava o campeão mundial de pesos pesados em vez do campeão da WWE) e tinhamos um Iron-man match de 60 minutos entre o Kurt Angle e o Shawn Michaels com o Bret Hart a árbitro convidado (vamos supor vá lá). Em relação ao John Cena, ele poderia incrementar a sua faceta heel tendo uma feud com por exemplo, o Chavo Guerrero que bem precisa de um pushzito. Nem era mal pensado pois não?

Tanto o Kurt Angle como o Shawn Michaels merecem ser campeões. Como tal, nada melhor do que um belo feud entre eles. Por enquanto acho que o Triple H se deve manter afastado do título visto que este já tem dois heels atrás dele (Edge e Kurt Angle).

Na minha opinião, nem o Carlito nem o Chris Masters têm "estofo" para participar neste combate. O mesmo se aplica ao John Cena mas como é campeão, é obrigado a participar (a não ser que se lembrem de meter o Edge a tirar-lhe o título numa RAW antes do pay-pey-view). Talvez o John Cena tenha um desempenho não muito puxado e longo como teve o Batista no ano passado. O Shelton Benjamin até era capaz de se safar como se safou muito bem no Money-in-the-Bank da Wrestlemania 21. Na verdade, preferia ver o Rob Van Dam e o Edge no combate mas uma coisa também é verdade, ver sempre os mesmos a combater torna-se monótono e repetitivo. E, da mesma maneira que o John Bradshaw Layfield, ao contrário do que todos pensavam, soube ser um grande main-eventer no Judgment Day, num combate contra o Eddie Guerrero que eu considero como um dos melhores combates de sempre, muito devido à sua "força" emocional, é provável que o Carlito e o Masters nos surpreendam. Contudo, o Carlito ainda não tem um golpe de finalização fixo (vai usando DDTs e outros golpes de vez em quando para acabar os seus combates) o que é mau para um lutador que se quer afirmar como main-eventer.

Em relação ao resto do evento, não deve ser nada de especial como o do ano passado. A minha aposta é:
-Big Show e Kane a defender os títulos mundiais de equipas
-A Trish Stratus a defender o título feminíno
-Caso o Ric Flair não entre na Elimination Chamber, defende o título para o Murdoch. Caso entre, o Murdoch defende contra por exemplo o Shelton Benjamin que também não entraria na Elimination Chamber ou o Rob Conway.
-Chavo Guerrero contra alguém para continuar o seu push.

domingo, Dezembro 11, 2005

NovaLogic apanhada com software ilegal

A editora por detrás das séries Delta Force e Joint Operations teve um revés fora do comum: foi apanhada a utilizar software ilegal, ou melhor programas sem qualquer licença. Torna-se estranho receber notícias destas quando as editoras se queixam da pirataria em relação aos seus jogos, mas o facto é que 700 outras empresas americanas se encontram sob investigação. Cinco empresas foram já admoestadas no pagamento de uma multa de 500 mil dólares por usarem software sem licenças, sendo uma delas a NovaLogic.

Como é que uma empresa como a NovaLogic pode ter moral para se queixar da pirataria depois dito?

Ajudem os hackers

Aqui fica um e-mail bastante engraçado que já recebi há algum tempo:
___________________________________________________________

Peço a todos que não instalem o linux, e aqui vão as minhas razões.

- Não existem praticamente virus para o Linux, razão pela qual o
sistema de ficheiros não permite a existência de vírus. Como tal não
podemos instalar os nossos antivirus que nós tanto gostamos e que
diminuem a velocidade dos nossos PC's.

-Practicamente todos os programas são gratuítos. Mas que grande
porcaria, pois então deixamos de ter onde gastar o nosso dinheiro.

-O sistema linux é uma versão Open-Source do sistema operativo UNIX,
que foi já considerado há muito pelos profissionais como o melhor
sistema operativo existente. Para quê isso, se já estamos tão
habituados ao Windows e aos seus problemas?

-No Linux resolvem-se problemas quando eles existem. No windows é
melhor e mais simples: faz-se um backup dos ficheiros, formata-se o
disco e instala-se tudo de novo. Que MARAVILHA.

- Um operador de Linux tem de perceber de computadores. Para quê isso,
se com o Windows já nos auto-intitulamos engenheiros do rato?

- No Linux os hackers têm dificuldade em entrar. Para quê isso se
depois esses pobres coitados ficavam no desemprego?


Duplo Impacto #14

Hoje foi lançado mais um Duplo Impacto, provavelmente o maior até hoje. Trata-se de um podcast de wrestling profisional lançado semanalmente. Podem aceder ao blog pelo link que se encontra na barra lateral do blog.
__________________________________________________________________

Data: 10 Dezembro 2005

Destaques:
- saídas da WWE e da TNA
- antecipação do Turning Point (com Axel)
- situação do Mr. Kennedy
- resultados do Monday Night RAW
- teorias: Shelton Benjamin, novo GM, NY Revolution
- resultados do Friday Night SmackDown!
- teorias: Armageddon
- os melhores combates do ano (2ª parte)
- e-mails de ouvintes

Músicas:
- The Hives - "Walk Idiot Walk" (entrada da Christy Hemme)
- Fozzy - "Enemy" (tema oficial do No Way Out)

duplo Impacto:
- versão em mp3 (48 Kb/s)
- subscrição do podcast (Cotonete)

Blog de volta

Após um grande hiato do blog muito devido à minha falta de tempo (ou organização em gerí-lo) decidi voltar a meter o blog online. Também optei por apagar tudo o que aqui estava e começar do zero e fiz uma "lavagem" ao blog dando-lhe um novo look.

Vocês vão encontrar aqui de tudo um pouco sendo o comum os comentários ao que se passa diariamente no mundo do wrestling, informática, videojogos e sociedade em geral e as minhas piadas secas das duas da manhã.

Vou tentar actualizar o blog todos os dias com novos conteudos.

Um abraço,
Hugo Duarte